Páginas

terça-feira, 29 de março de 2011

???

Existem muitas coisas na vida que não tem explicação...
O fato de muitas vezes não sermos o que queremos ser e fingirmos ser o que não somos, mesmo querendo sermos nós mesmos e não haverem circunstâncias que nos façam mudar de ideia, mais somente a falta de ideia nos leva ao fato de que realmente não sabemos como, nem o que fazer para ser aquilo que realmente desejamos ser ou o que realmente somos.
Quer dizer, como pode uma pessoa em seu completo juízo não saber o que fazer para mudar sua história, já que nada nessa vida é impossível e o poder que nossa mente tem de sonhar é o mesmo poder que ela tem de realizar um sonho?
Essa é uma pergunta que eu me faço todos os dias.
Sabe, nós concentramos muitos problemas nas pessoas, quando tudo está realmente acontecendo dentro de nós mesmos, mais é ai que entra a história, não sabemos o que fazer e as pessoas querem nos dizer o que fazer, como, onde, que horas...
Essa circunstância causada por mim mesma é o que mais me irrita, quando eu não quero, nem preciso de cuidados, nem de broncas, muito menos que me digam o que fazer, como fazer, é quando eu mais ouço esse tipo de coisa, creio eu que com todos é assim.
Mais já que eu causei essa circunstância, porque isso me irrita tanto?
Será pelo fato de eu não precisar que indiretamente joguem na minha cara o que eu sou nesse momento e o que eu preciso ser ou fazer....
Muitas perguntas eu não sei responder e faço a mim mesma todos os dias e um dia espero saber as respostas pra essa incógnita infinita...

quinta-feira, 24 de março de 2011

A Falta...

No fundo do meu coração, eu sinto que poderia ter tentado mais um pouco, mais ao mesmo tempo sinto um alívio, como se tivesse deixado de mentir pra alguém muito especial, como se um peso saísse das minhas costas e de novo eu comçasse a viver.
Mais como viver sem você?
Como viver sem esse carinho que só você tem e tantos mimos, e amor sem medida?....
Eu sinto falta do seu amor me rodeando, me protegendo, sinto falta do seu cuidado e do seu peito (meu travesseiro).
Mas seria eu egoísta se pedisse de volta, eu seria egoísta de não querer doar tudo isso a alguém que mereça mais do que eu..
Neste momento prefiro estar aqui, escrevendo num caderno e sofrendo baixinho essa falta que você me faz, do que te ter e ao mesmo tempo saber que não é certo, que o total e completo sentimento somente você me daria sem hesitar, enquanto eu tentaria mais não poderia ser completamente sua, e te teria só pra me amar...

sexta-feira, 4 de março de 2011

Um só desejo...

Minha alma clama por LIBERDADE!!!
Não ter que dizer onde vou, com quem vou ou que horas volto...
Não ter um lado pra ficar, bem ou mau, defender simplesmente o meu lado e as minhas opiniões...
Não ter que arrumar a cama, não ter que deixar de fazer, nem ter que fazer algo, não ter rotina, ou simplesmente mofar numa cama assistindo televisão no tédio do ninguém por perto, com saudades dos limites que a tal da Liberdade me tirou.
E por fim, não ter que ouvir conceitos sobre mim mesma a respeito do que ando fazendo, de como anda a minha vida, dos meus sentimentos, da minha maneira de ser. Ser respeitada num lugar onde não haverá ninguém pra me desreispeitar nem pra estar presente...
Abrir mão de todo conforto e deixar que a Liberdade tome todos os limites para si, me deixando livre de qualquer opinião...


"Não importa se eu não sou o que você quer, não é minha culpa sua projeção[...]"  
Mr. Pitty - trecho de uma música ai que eu não lembro o nome.

LinkWithin

Espalhe por aí