Páginas

sexta-feira, 6 de fevereiro de 2015

Amor ou Obrigação?

Eu comecei tentando ser eloqüente,  usando palavras difíceis, mas não pude concluir porque só há um jeito de explicar:
Você será lembrado conforme o sentimento que ofereceu durante a  jornada!
No final das contas, o peso das nossas ações sempre serão medidos de acordo com a satisfação com que nos doamos!
Abrace - tenha vontade de abraçar, sinta amor ao abraçar, queira demonstrar carinho e conforto, um abraço pode ter o efeito de cura, como também pode ter efeito contrário se for dado por obrigação e sem verdade! Deixe seu perfume como uma lembrança de um carinho sincero, não de um "cumprimento padrão"!
Ouça - "emprestar" seus ouvidos não é um bom negócio se não tiver interesse pelo assunto! Se interessar pelo que está sendo dito pode ser libertador, como também pode aprisionar, se o falar for interrompido por assuntos seculares que testificam quem ouve o faz por obrigação, não por amor!
Eu poderia citar inúmeras coisas que devem ser feitas com sentimentos bons, das quais seremos lembrados por eles (sentimentos), não por elas (coisas), porém, não existe excessão, faça TUDO dessa forma ou NÃO faça.
É isso!

Um comentário:

LinkWithin

Espalhe por aí