Páginas

quinta-feira, 21 de abril de 2011

Vim dizer...

Que meus dias são mais felizes quando eu sinto a paz no teu sorrizo,
quando vejo a sinceridade nas suas palavras.
Que o meu orgulho aumenta todas as vezes que eu tenho a certeza de ter pra mim um amigo, companheiro, irmão, amor...
quando eu olho e vejo que está diante de mim que o que eu preciso, o que eu espero...
Eu vejo que não preciso de reconhecimento, só o seu "amo vc" já é o suficiente, nem declarações ou depoimentos ou qualquer tipo de parafernalha demonstrativa, só a sua simples verdade ja me alimenta, me alegra e não é necessário que ninguém entenda, nem preciso nenhuma explicação, o que exite é eterno
e ninguém pode entender além de nós...
Sabe quando as vezes tudo o que precisamos dizer é pouco e fica por último depois de tudo o que dizemos sem sentido nenhum...
Sabe quando ás vezes aquela pessoa te completa de felicidade apenas pela própria presença e você não quer deixar nenhum momento escapar sem antes dizer pelo menos um "oi", sem assunto, sem palavras, só pra sentir a alegria de mais um minuto junto daquela pessoa...
Sabe quando começamos a escrever e escrever sem parar tudo o que vem de dentro, sabe tudo isso e muito mais é só o que eu sinto quando vim aqui dizer...
Eu não espero reconhecimento, eu não espero retribuição, mesmo sabendo que vou tê-los, espero somente ter conseguido expressar aqui tudo o que sinto neste momento, quando olho pra mim e vejo você, anjo que me guarda, me proteje...
Eu amo você!
Simples assim...





Dedicado a uma das pessoas mais importantes da minha vida, não importa a distância, acredite, você está sempre por perto meu Ninfetinho.
 

                                    ...com certeza você é meu ponto de Paz...

quarta-feira, 13 de abril de 2011

Pouca coisa...

Eu não quero ser dona de toda atenção, nem reter todo o seu carinho, eu só quero que perceba minha presença, que o momento que eu não estou e o que estou sejam realmente diferentes pra você...
Eu não quero romantismo, nem flores, só que derrepente um "você é especial" ou um "muito importante pra mim" já faria uma enorme diferença, já seria o motivo pelo qual aquela conversa valeria a minha noite inteira...
Eu não quero um encontro marcante com jantar a luz de velas, apenas um "oi" seguido de um abraço longo e sincero seria o suficiente pra tornar o momento inesquecível, sem precisar de qualquer toque de malícia...
Eu não quero ciúme, só uma demonstração de agrado, um sorriso talvez, sem palavras de açoite, sem irritação e orgulho isignificante...
Eu só quero pelo menos uma vez a sinceridade pronunciada de teus lábios, deixar de lado seu orgulho e a vontade indescritível de me irritar, seu medo de achar que posso te comprometer ou sua ignorância diante do fato de pensar que sou menina, quando na verdade encontra-se diante de ti uma mulher, segura de seus desejos, que te afirma com toda a certeza, a paixão pode sim acontecer, mais a ilusão só vem com permissão, e essa não será bem vinda...
E, por incrível que pareça, eu sei da sua total ciência a respeito de tudo que foi dito e sei também que não existe mudança, ou talvez sim, eu sei que pode acontecer muitas coisas a respeito, inclusive minhas vontades, mais também sei que pra isso acontecer precisaria vir a tona sua sinceridade e necessidade de expressão...


(...continua)

Alguma coisa de sentimento...

Quando o sentimento rouba todas a palavras que buscamos, ali, naquela hora, onde tudo parece propício, como se cada detalhe fosse ajustado perfeitamente para que aconteça, para haja o momento, o fato, que finalmente marcará histórias e redirecionará vidas, porém, simplesmente tudo se ajusta, menos as palavras, as tais palavras, aquelas que queremos que o mundo saiba, aquelas que se somente uma única pessoa soubesse já seria o suficiente, estas que direcionam constantemente ou unicamente o direção da felicidade, a atitude que muda uma sorte...
Pode ser num momento já calculado ou por simples coincidência, se é que elas existem de fato, ou então por livre e espontânea vontade em um minutinho no dia-a-dia.
Pode ser numa sorveteria, esquina, escola ou até pela Internet.
Acontece sempre quando não seria pra acontecer, ás vezes é usado como oportunidade, ás vezes dá certo, ás vezes causa constrangimento ou apenas um desvio de olhares, mais quase sempre é a forma mais bonita de dizer o que as palavras insistem em calar, porque quando elas somem os olhos fazem a sua parte e dizem por eles mesmos o que os lábios não foram capazes de soletrar. Com a mais pura sinceridade, com a doçura de um sorriso no canto dos lábios, com a sensação de mãos tremulas...
Quando eu quero dizer que nem sempre as palavras são necessárias, quando o Eu Te Amo tornou-se uma mera expressão da boca pra fora, quando qualquer pessoa pode dizer coisas lindas cantar e encantar...
Quando sentimos a sinceridade de sentimentos apenas pela emoção de um momento e simplesmente por faltarem palavras com tanto a ser dito, já que não mais recebem o valor devido...
Quando tudo que eu queria dizer não posso, mais aqui humildemente escrevo o que as palavras me calam e se quem ler sentir alguma coisa de sentimento ou sinceridade é porque eu realmente consegui dizer tudo o que queria, sem dizer absolutamente nada...

LinkWithin

Espalhe por aí