Páginas

sábado, 12 de janeiro de 2013

More than words...

Eu não me arrependo de ter sido ingênua  de ter doado o máximo de mim, de ter entregado meu coração inteiro e oferecido o meu amor por completo, as vezes até deixando muitos conceitos e mudando muita coisa por causa disso, sendo o que eu mesma não seria se não houvesse tal sentimento.
Tudo para agradar, melhoras em benefício do outro, amar sem medida, sem interrogação nem ponto final, apenas surpresas de exclamação e reticências que sejam eternas...
É isso que eu tenho pra dizer, não me arrependo de tudo o que fiz, vivi, sofri, pois em minha consciência eu mantenho intacta e quieta a certeza de que não foi por falta de sentimento nem de tentativas para que desse certo, e, digo sim, se não deu a culpa não foi minha.
Não me arrependo de ter amado sem medida e me preocupado até as vezes com sentimento materno, de ter zelado, cuidado e de ter medo de perder a ponto de querer segurar com unhas e dentes e lutar por quem nunca foi meu de verdade.
Não me arrependo de gritar aos ventos e postagens o meu sentimento, a minha transparência, a minha inquietação.
Eu sou assim, intensa, eu não escolhi ser assim, mas sou e dou o melhor de mim pra ser com verdade, pra agir com verdade e viver na verdade.
Tudo o que fiz por amor eu não me arrependo, pois esse é o maior dom que Deus me deu, amar, e tudo o que faço em benefício desse sentimento de obedecer esse mandamento eu não me arrependo, as vezes pode até doer e exigir menos de mim, menos ações e palavras, mas por esse sentimento meu coração pula e meus sentimentos gritam no silêncio da minha voz.
Tudo o que sei é que amei, é que não pesa sobre mim nenhum sentimento de culpa e que por mais que doa a circunstância presente, meu coração se fortalece, porque sei o que há pra mim, e quanto ao sentimento que dissera antes, acho que ele está aqui dentro, se realmente estiver, está sendo tratado, como um preso que paga pelos seus crimes e sofre na cadeia, está aqui sofrendo por ter sido tão intenso, porém se fortalecendo e aprendendo como se faz pra não se enganar da próxima vez.
Quando for solto talvez suma, talvez continue fazendo seu trabalho, só o que sei é que estarei preparada para continuar sendo intensa e me doando ainda mais, porém disponível para receber também,. para ser amada também, para ser recíproco tudo o que tiver de mim.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

LinkWithin

Espalhe por aí