Páginas

terça-feira, 4 de janeiro de 2011

Qual é o preço de uma amizade?

Quanto vale a sua amizade?
Qual o preço dela?
Será que ela só foi útil pra você quando precisava conversar, quando precisava de cuidados?
Sabe, cada dia que passa a gente percebe que nada é mais importante pras pessoas do que a própria realização, que dizer, toda a amizade de uma vida pode se trasformar em ódio quando alguém resolve que já não precisa mais dela, que pode passar por cima somente para a sua própria realização, por momentos fétidos e fúteis, joga no lixo uma amizade que simplesmente poderia lhe servir pra muito mais, que poderia lhe ajudar nos piores momentos, e que agora já não existe mais...
Será que vale a pena? 
Sabe, eu não me arrependo de tentar ser correta com todas as pessoas que conheço, afinal, por pior que elas sejam e por piores que sejam as decepções não é a minha consciência que vai pesar, não sou eu quem vou me culpar...
Digo que ja doeu mais, antigamente muitas coisas me pegavam de surpresa, mais hoje em dia eu ja espero tudo de todos, e especialmente algumas pessoas eu não me surpreendo com as atitudes redículas, peculiares de tais seres vulgares e insensatos...
O que mais dói é me enganar, é deixar me enganar de tal forma que agora acontece uma metarmofose de tudo o que sinto, de já não querer mais saber de nada, nem do que realmente aconteceu, mais de apenas querer estar longe de alguém que eu achei merecer meu carinho, mais que hoje merece só meu desprezo, alguém que nunca soube das postagens, nem desse ódio, nem nunca conheceu e não sabe o que é gostar de alguém...






(Obs: hoje eu escrevo, amanhã eu dou risada de tudo, e quase ninguém lê mais não ligo pra isso...Algum dia alguém vai ler tudo isso e vai perceber o que ja será tarde demais)
Minhas desculpas eu devo aos inoscentes, que sinceramente pra mim já não importa mais quem são...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LinkWithin

Espalhe por aí