Páginas

segunda-feira, 13 de agosto de 2012

Para onde iremos?

O que buscamos nessa vida?
O que realmente queremos e atrás do que corremos nesta terra?
Alguém já parou pra pensar que nada, absolutamente nada nesse mundo é para sempre, que tudo o que fazemos aqui vai somente até o cemitério?
Não é legal falar sobre morte não é, cemitério, caixão...é "muito forte" esse assunto.
Eu concordo que é desagradável e pra muitas pessoas é triste relembrar, porém, é um fato que temos que ter certeza nesta vida, de que vamos morrer!
A morte não tem hora, dia, idade, cor, status, ela simplesmente vem, e aí, quando ela vir, o que já fizemos já será o suficiente?
Ninguém fez o suficiente antes de morrer, sempre poderia ter feito algo mais, vivido mais, mas o que eu realmente quero dizer é que quando ela vir, o que será depois?
Uns acreditam em céu e inferno, outros não, eu, porém, acredito na Bíblia, e lá fala sobre o céu onde não haverá dores nem choro, mas alegria eterna e o inferno onde haverá dor eterna.
Quem realmente é merecedor do céu e do inferno?
O que eu posso responder é que só Deus pode julgar, essa resposta só Ele pode dar, mas esse é outro assunto, o que quero enfatizar aqui é o fato de que de nada adianta ganhar o mundo todo e perder a própria alma.
Já que essa vida é passageira, estamos aqui só á passeio, há mais vida depois disso tudo, e o que nós temos buscado? Riqueza? Reconhecimentos? Popularidade? Poder?
No que isso vai influenciar nossa salvação? Será que realmente precisamos disso tudo para viver?
E depois, quando a morte chegar, o que levaremos? O que deixaremos de exemplo?
Nosso corpo é como um carro, quando nasce é novinho sem nenhum erro, depois vai crescendo e vai dando defeito, vamos constantemente ao mecânico que é o médico, fazemos manutenção para não pifar de vez, mas e a manutenção da alma, será que estamos nos preocupando com isso?
Afinal, é ela que vamos ter que apresentar depois dessa vida, e nela terá que existir Salvação, para isso é necessária a manutenção com idas constantemente a igreja, buscar ao Médico dos médicos, dobrando os joelhos e buscando concerto para que ela não se perca.
Será que temos feito isso constantemente e regularmente?
Eu acho bom todos nós começarmos a nos conformar que nada dura para sempre aqui neste mundo, nada mesmo, que um dia isso tudo vai ficar para trás e as pessoas poderão nos levar somente até a cova aberta e depois de uns anos pisarão em nossos sepulcros secos e esquecidos.
E onde estaremos? Será que buscamos saber essa resposta?
Não há saída para a morte, portanto, a única saída é saber para onde vamos para que possamos estar em paz sabendo que um dia nos encontraremos com o Pai e viveremos em alegria eterna.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

LinkWithin

Espalhe por aí